.BLOG.

BENEFÍCIOS DO CARDAMOMO

Muito utilizado na culinária e na medicina alternativa asiática e considerado uma das especiarias mais caras do mundo, o Cardamomo tem uma cor esverdeada e suas pequenas sementes são aromáticas e de sabor peculiar.

Além de ser utilizada na alimentação, por conta de sua refrescância, a especiaria já era utilizada no Antigo Egito para limpar os dentes e refrescar o hálito; hábito que é mantido na Índia até hoje.

O Cardamomo é rico em fibras alimentares e carboidratos, possui as vitaminas A, B e C, e os minerais Magnésio, Ferro, Cálcio, Potássio e Sódio. Entre seus benefícios estão:

– Ajuda a expectorar o catarro, auxiliando em casos de bronquite, asma, gripe e tosse;

– O chá alivia dores de cabeça;

– Aumenta a produção de saliva, o que auxilia na digestão dos alimentos;

– Seus óleos ajudam na prevenção de gases e inchaço abdominal;

– As propriedades antibacterianas auxiliam na manutenção da saúde bucal;

– Possui eucaliptol e cânfora que aumentam a circulação sanguínea corporal, podendo ajudar a combater a perda da libido e disfunção erétil;

– Considerado antidepressivo, auxilia em casos de estresse e mau-humor;

– Possui efeito diurético e laxante.

Extremamente versátil, o Cardamomo é utilizado de inúmeras maneiras. Na gastronomia, entra no preparo de pratos doces, como bolos e pudins; salgados, como pães e sopas; e bebidas quentes ou frias, como café e refrescos.

Em casa, é possível utilizá-lo inteiro, moído ou no óleo. Se usá-lo inteiro, basta pressionar as bagas levemente para abrir, e deixar que as sementes liberem sabor e aroma. Após o cozimento, descarte as cascas, pois não são comestíveis. Se preferir já moído ou em óleo, vá com calma, pois o gosto e o aroma são fortes, podendo se sobrepor aos demais componentes.

 

Por nutricionista Gabriela Wildner